DEGRADAÇÃO DE ÍNDIGO CARMIM EM REATOR EM BATELADAS SEQUENCIAIS COM ASPERGILLUS NIGER AN 400 NO TRATAMENTO DE ÁGUA RESIDUÁRIA TÊXTIL IN NATURA

Andreza Dnarla Oliveira Santos, Alana Mayara Ximenes de Souza, Igor do Nascimento Barreto, Carlos Ronald Pessoa Wanderle, Glória Marinho, Kelly Rodrigues

Resumen


A indústria têxtil é importante segmento industrial. Contudo, produz grande quantidade de efluentes contendo concentração elevada de corantes mutagênicos e cancerígenos que necessitam ser removidos antes do descarte final destes no ambiente. Nesta pesquisa, Aspergillus niger AN 400 foi imobilizado em reator aeróbio operado em bateladas sequenciais, adicionando-se glicose como cossubstrato, para tratamento de efluente de indústria têxtil diluído, contendo Índigo Carmim (17 mg/L) e concentração de matéria orgânica dissolvida de 3492 mg DQO/L. A remoção média de corante foi de 97%, no comprimento de onda do cromóforo, dos quais apenas 6% ocorreu pela adsorção do corante no material suporte; 57% de remoção média de matéria orgânica dissolvida; 82.5% de nitrogênio amoniacal e 80% de nitrato, o que resultou em concentração a média no efluente final de 14.12 mg/L e 0.23mg/L, respectivamente. O sistema foi capaz de boa remoção de Índigo Carmim e nitrogênio, sendo necessário maior otimização de sua operação a fim de aumentar a eficiência de remoção de matéria orgânica e de corante, especialmente de subprodutos da degradação do corante.

Palavras-chave: bateladas sequenciais, Índigo carmim, remediação fúngica.

 


Palabras clave


bateladas sequenciais, Índigo carmim, remediação fúngica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2015.8.3.53492