A supervisao e a orientacao da pratica de ensino na formacao inicial dos professores de musica: o que pensam os estudantes?

TERESA MATEIRO

Resumen


O PRESENTE TRABALHO ABORDA QUESTÕES RELACIONADAS À SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO DA PRÁTICA DE ENSINO REALIZADA A TRAVÉS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MÚSICA. DE UM LADO, AS MODALIDADES DE ACOMPANHAMENTO SÃO ANALISADAS À LUZ DOS TRÊS ENFOQUES PROPOSTOS POR PÉREZ GÓMEZ (1999): PRÁTICO-ARTESANAL, TÉCNICO-ACADEMICISTA E REFLEXIVO. DE OUTRO, FORAM SELECCIONADOS PARA ESTE ESTUDO OS SEGMENTOS DAS ENTREVISTAS REALIZADAS COM TRÊS ESTUDANTES DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO ARTÍSTICA-MÚSICA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA (BRASIL), ONDE O FOCO É A SUPERVISÃO E A ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO. SÃO DESTACADOS TEMAS COMO: O PAPEL DO PROFESSOR ORIENTADOR E AS RELAÇÕES ENTRE A TRÍADE-ESTAGIÁRIO, PROFESSOR ORIENTADOR E PROFESSOR COOPERANTE. OS RESULTADOS REFLETEM A NECESSIDADE DE ANALISAR A RELAÇÃO ENTRE O TIPO DE ACOMPANHAMENTO E O PROGRAMA CURRICULAR EM QUE O ESTAGIO ESTA INSERIDO, BEM COMO O DESENVOLVIMIENTO DE TRABALHOS COOPERATIVOS E MAIS ESTREITOS ENTRE O ESTAGIARIO E OS PROFESORES ORIENTADOR E COOPERANTE.

Texto completo:

pdf


ISSN: